Últimas notícias

segunda-feira, 11 de março de 2019

CHAMEM A PF - Prefeito de Pedro do Rosário vai torrar mais de R$ 2,6 milhões só com locação de veículos em 2019

O prefeito da cidade de pouco mais de 24 mil habitantes parece que não há crise, de acordo com extratos de contratos Raimundo Antônio pretende torrar o equivalente a R$ milhões com locação de veículos.
Sem se preocupar com a impopularidade adquirida pela péssima administração, o gestor ainda foi acusado em 2017 de comprar fazendas ao curso de R$ 5 milhões, tirados ainda não se sabe de onde.
Mas o que mais tem chamado a atenção dos críticos ao prefeito Raimundo Antonio (PR) são os contratos sob suspeita de serem "laranjas" que em sua maioria possuem endereços fictícios (grande parte alugam uma residência, pintam o nome da empresa e a deixam fechada sem sequer funcionários), não se sabe ainda se este é o caso que vem a seguir:
Conforme consta nos contratos fechado com a gestão municipal, a empresa J. S. C. EMPREENDIMENTOS EIRELI - EPP ganhará de acordo com 1° contrato R$ 940.559,93R$ 678.542,18 no 2° contrato, R$ 347.685,03, no 3° contrato, R$ 69.560,86 no 4° contrato, R$ 141.179,70 no 5° contrato, R$ 464.314,75 através do 6° contrato.

Como se a suspeita de desvio de dinheiro público não fosse o suficiente nesses seis contratos, a Prefeitura de Pedro do Rosário fechou um novo contrato com a mesma empresa J. S. C. EMPREENDIMENTOS EIRELI - EPP no valor de R$ 1.380.191,15, esse novo contrato precisa ser investigado urgente pela polícia e Ministério Público já que a gestão pagará a empresá por serviços que são pagos e executados por funcionários públicos que já prestam serviços para o município. Sobre a ilegalidade desse contrato, divulgaremos em matéria posterior.


Clique na imagem para ampliá-la



Jornalista Valdenor Pereira - Registro 0084745/SP


DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design