Últimas notícias

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Policiais de Santa Luzia do Paruá que prenderam assaltantes de Bacabal correm risco de despejo; Estado e Prefeitura estão há 15 meses sem pagar aluguel do prédio

Se não fosse a boa vontade do proprietário do imóvel em esperar pacientemente, a estas horas os policiais militares de Santa Luzia do Paruá estariam sem um teto para repousar, isto porque desde a saída do antigo alojamento localizado na rua das Flores (Interditado por questões de insalubridade), em agosto de 2017, o secretário Jefferson Portela esteve pessoalmente em Santa Luzia do Paruá constatando a triste situação em que se encontravam os policiais militares e prometeu que ocorreriam mudanças (veja matéria CLICANDO AQUI), os policiais foram alocados no prédio que fica a 50 metros da casa do prefeito Plácido Holanda. 


Ocorre que a página foi investigar quem estaria arcando com as despesas e descobriu que tanto a Prefeitura da cidade como o Governo do Estado se recusaram até o momento em pagar os mais de 15 meses de aluguel. Até mesmo as despesas com fornecimento de energia elétrica do alojamento dos PMs já sofreram atrasos e o corte só não ocorreu por conta que terceiros resolveram imprimir uma segunda via e pagar a conta diretamente na CEMAR (fato este que pode ser confirmado junto a prestadora de serviço).

Acredite, a qualquer momento os policiais podem vivenciar um despejo já que desde a aquisição do prédio (junho de 2017) a prefeitura que se comprometeu a pagar os 06 primeiros meses não fez como prometeu e o estado que se comprometeu a pagar os vencimentos seguintes se omitiu. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design