Últimas notícias

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Baixa qualidade nutricional da merenda escolar em Santa Luzia do Paruá põe sob suspeita o gerenciamento de recursos da Educação

Sem uma eficaz fiscalização dos órgãos de controle responsáveis, boa parte das escolas da rede municipal de ensino de Santa Luzia do Paruá adotaram um cardápio alternativo que não leva em consideração os valores nutricionais e sim o recurso financiador.

Em muitas escolas a reclamação tem sido a mesma, a merenda tem se distinguido de lanche e a única coisa que se vê sobrepondo a escassez dos itens é a mamuchinha (produto originário do laticínio da família do prefeito).
Sempre que há uma necessidade de se passar uma imagem irreal da merenda em um sentido mais amplo, a atual gestão se utiliza da merenda fornecida nas escolas Laura Estrela ou Cleobeto de Oliveira Mesquita mas não ousa divulgar a merenda que vem se tornando padrão em outras escolas municipais principalmente as do interior do município onde pais e alunos denunciam que a merenda distribuída tem sido de baixa qualidade e isso quando há algo a se expor nos pratos. Onde eram servidos arroz e vários tipos de carne não se vê mais com tanta facilidade, em contrapartida os recursos destinados para o setor da merenda escolar seguem caindo fielmente porém mal empregados até o presente momento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design