Últimas notícias

sábado, 12 de agosto de 2017

Antes aliado da categoria, prefeito de Carutapera ganha fama de perseguidor e vira inimigo Nº1 dos professores após assumir prefeitura

André Dourado (na época vereador) defendendo os professores contra a gestão passada
Andre Santos Dourado (49 anos) era figura carimbada no meio dos movimentos de professores grevistas quando era um dos nomes mais cotados para lançar sua candidatura ao cargo mais elevado do executivo municipal. Cerca de 12 meses depois, o gestor vem demonstrando através de atitudes que todo aquele discurso moralista que o ajudou a se sagrar prefeito acabou não passando de um teatro armado e o pior, quem tem pagado caro são os professores da rede municipal de ensino. Na mente dos professores da cidade permanece o velho dito que afirma que quando se quer conhecer o caráter de uma pessoa basta somente lhe dar poder e a realidade não fugiu desta, pelo menos é o que afirmam os lideres do movimento grevista. O prefeito André Dourado se recusa a tentar negociar uma saída com os professores, resumindo sua postura a tão somente se preocupar com os impactos negativos em sua imagem política e pessoal, o impasse segue prejudicando tanto os grevistas como os alunos que vêem a inércia da atual gestão complicar ainda mais a normalidade do processo educacional no município. A justiça respaldou a greve legalmente, todas as etapas e exigências foram cumpridas pelos lideres da categoria que, assistem a situação esperançosos que o prefeito "desça do salto" e volte a lutar pela categoria que o ajudou a se eleger prefeito.

EXCLUSIVO: Confira a postagem original da cobertura de um movimento grevista feita por André Dourado quando este era vereador e pré-candidato, período em que este defendia os direitos que hoje fingi não existirem:

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design