Últimas notícias

sábado, 19 de agosto de 2017

Alunos promovem apitaço em manifestação de protesto contra a Faculdade Pitágoras em São Luís

Em descumprimento descarado do contrato semestral que prescreve a oferta de curso na modalidade presencial, a Faculdade Pitágoras impõe, sem diálogo com os estudantes e muito menos desconto na mensalidade, a modalidade semi-presencial.Com a falácia absurda de "modernização do ensino"  alguns professores - tão prejudicados com a "modernização" quanto os alunos - tentam persuadir, sem êxito suas classes, outros ,amordaçados,com cortes consideráveis de carga horária, não podem manifestar suas inquietações ou posicionamentos, pois do contrário serão demitidos;os exemplos são muitos.
É essa a ponta do iceberg da realidade pedagógica do Grupo Educacional Kroton -   Faculdade Pitágoras, sem a menção de uma grade curricular pobre que a cada ano é suprimida e desprovida do mínimo de lógica organizacional, e agora, figurando quase que plenamente no ambiente virtual,sem tutores capazes de na melhor da hipóteses responder imediatamente a mensagem e dúvidas do alunos.Nós não nos calaremos enquanto, por diálogo, protesto ou força judicial, essa empresa educacional volte a respeitar o contrato celebrado de modalidade de ensino presencial, e assim nos respeite antes como alunos do que como clientes.

Redação: Aluno da faculdade

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design