Últimas notícias

terça-feira, 18 de julho de 2017

Festival de graves irregularidades fez Conselho Fiscal Municipal de Educação reprovar prestação de contas da SEMED de Santa Luzia do Paruá em março

Secretária de Educação em manifestação realizada no ano passado 
De acordo com o explanado pelo SINSERP (Sindicato dos Servidores Públicos de Santa Luzia do Paruá), as contas referentes a março da Secretaria de Educação teriam sido reprovadas pelo Conselho Fiscal Municipal de Educação por irem de encontro a um festival de irregularidades que destoam e desmentem o discurso empregado pelas lideranças da pasta. Ainda de acordo com a entrevista cedida pelo coordenador do sindicato, muitas dessas irregularidades são consideradas gravíssimas e podem se constituir em crime. As denúncias e as irregularidades encontradas na gerência educacional deverão ser expostas nos próximos dias e darão uma noção do retrocesso orquestrado na educação luziense.


DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design