Últimas notícias

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Suplente Adelson Moreira envia resposta à página sobre matéria publicada no dia 11 de fevereiro

Ao contemplar o teor da matéria publicada relatando o processo que envolve seu nome como acusador contra o vereador em exercicio Pontinha Junior, o suplente Adelson Moreira entrou em contato diretamente com a página pedindo que sua versão do ocorrido também tivesse publicidade. Sem rodeios, publicamos na integra abaixo a resposta do mesmo:

Em primeiro lugar a ação de investigação eleitoral – AIJE. É um processo sério, onde existem provas contundentes de que o vereador Pontinha Jr. Comprou votos em favor de sua candidatura, provas estas acarreadas nos autos que deixam claro a caracterização da compra descarada de votos na forma que dispõe o Art.41-A da Lei 9.504/97. Conclui-se, portanto que o vereador pontinha Jr. Investiu notadamente sobre a vontade de vários eleitores do município, pessoas estas de pouco conhecimento e carentes do ponto de vista econômico-financeiro, minando-lhes qualquer possibilidade de refletirem acerca do voto, prometendo-lhes e entregando-lhes vantagens econômicas, prejudicando sobremaneira o equilíbrio eleitoral de Santa Luzia do Paruá.

Em segundo lugar o processo tende a prosperar na forma da Lei. E que o vereador Pontinha Jr. Pode ter seu mandato cassado a qualquer momento. Uma vez que a ação encontra guarida em três requisitos indispensáveis para a caracterização da ilicitude, quais sejam; a prática de uma ação (dar, oferecer, prometer), a existência de uma pessoa física (o eleitor), o resultado a que se propõe o agente (obtenção de voto).

Em terceiro lugar as provas são contundentes, uma vez que existem várias testemunhas que receberam dinheiro e a promessas de empregos e entregas de produtos de cestas básicas onde o vereador acusado possui um comércio na Rua 04 no bairro da vila celeste. E as mesmas testemunhas só aguardam a notificação para deporem. 

E para finalizar estou muito tranquilo, pois sempre acreditei na justiça deste País, e ainda mais porque após a divulgação do caso apareceu outras testemunhas que certamente serão arroladas na ação. Todavia o vereador pontinha jr, deve sim estar desesperado uma vez que certamente após a instrução das testemunhas será tudo descrito na ação devidamente comprovado, consequentemente a isso o mesmo terá seu Registro e/ou Diploma cassado, com base no Art.41-A da Lei 9.504/97, na LC 64/90 e demais fundamentos transcritos, declarando a existência de abuso de poder econômico e político, conforme Art.22 da LC 64/1990, com todas as cominações legais previstas em Lei.

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design