Últimas notícias

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Gestão Plácido Holanda deixa viatura policial sem combustível; Se aproveitando da situação, bandidos “fizeram a festa” na noite desta terça-feira (24), em Santa Luzia do Paruá

Há décadas o Maranhão veem tentando se sobressair em melhorias nos índices e números que regem a segurança pública no Estado. Infelizmente há décadas as gestões municipais precisam tirar recursos dos cofres públicos para dinamizar o trabalho da polícia, devido a ineficiência de recursos oriundos do governo estadual.
Municípios maranhenses arcam com as despesas com alimentação de presos e servidores lotados em unidades prisionais, composição do quadro administrativo além dos custos com combustível para as viaturas policiais.
Em Santa Luzia do Paruá, as gestões municipais sempre arcaram com esses custos em prol de não fazer cessar os trabalhos na segurança pública, porém na noite desta terça-feira (24), um fato notório atraiu a atenção dos luzienses e foi alvo de questionamentos e críticas nas redes sociais.
Moradores da cidade usaram as redes para denunciar o não-repasse do combustível para abastecimento das viaturas, impossibilitando assim a saída da viatura estacionada na frente de pelotão. De acordo com as denúncias dos moradores, policiais ficaram impedidos de atender várias ocorrências registradas numa mesma noite, devido a viatura estar com o tanque vazio e não ter havido o repasse do combustível para abastecer as mesmas. Aproveitando-se da situação, meliantes tiveram total liberdade para esboçar ações criminosas dentro deste período na cidade.
Há poucos dias atrás o atual prefeito da cidade esteve em um evento com a temática sobre segurança pública em Zé Doca e ao receber oportunidade se expressou afirmando que garantiria todo o apoio necessário, mas poucos dias depois do discurso não criou mecanismos que impedissem que a situação lamentável registrada nesta terça-feira, não acontecesse.
Além destas situações relatadas, outro dois assaltos com subtração de celulares foi relatado por moradores da cidade.
A expectativa a partir de então é para que o lamentável erro não se repita e que o prefeito Plácido Holanda apoie não só no papel mas na prática, as forças policiais que cuidam da segurança de Santa Luzia do Paruá.


DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design