Últimas notícias

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Sem condições de trabalho e com salários atrasados, operários que trabalham na reforma do Hospital Francisca Melo em Santa Luzia do Paruá, ameaçam “CRUZAR OS BRAÇOS”

A obra cuja responsabilidade recai sobra a Construtora Paudarco Ltda (Cadastrada sob CNPJ 11.548.084/0001-19, a empresa sediada no endereço Rua Vinte, N° 205, bairro Potozi, no município de Balsas) é um verdadeiro paraíso de irregularidades. Trabalhando em condições insalubres, precárias e com ausência permanente de um técnico de segurança do trabalho, o que se pode verificar é que os funcionários trabalham sem capacete de proteção, sem luvas, sem botas, sem uniforme. A falta de equipamentos de segurança já chegou inclusive a prejudicar diversos funcionários que sofreram acidentes no local, já que quando o fato acontece e o funcionário fica impossibilitado de trabalhar ele não recebe nenhuma vantagem trabalhista se vendo obrigado a retornar caso queira benefícios financeiros. No momento do registro das imagens um funcionário trabalhava distraído a poucos centímetros de fios de alta tensão sem qualquer equipamento de proteção, sendo inclusive alertado para se precaver contra um possível acidente. Não bastasse o regime quase escravista, os operários denunciam que a empresa até a presente data não repassou os salários referentes ao último mês trabalhado e que sequer se deu ao trabalho de prestar esclarecimentos aos mesmos. Apesar de apostar na mão de obra local como forma de cortar custos, os responsáveis pela execução da obra podem ser severamente punidos caso haja uma formalização de denúncia ao Ministério do Trabalho ou Ministério Público.

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design