Últimas notícias

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

"FARINHA DO MESMO SACO"? Senadores Roberto Rocha (PSB-MA) e João Alberto (PMDB-MA) passam vexame ao votar pela revogação da prisão de senador líder do PT

Após a prisão do senador Delcídio Amaral (líder do PT no senado) na manhã desta quarta-feira (25), o Supremo Tribunal Federal deixou a cargo do Senado Federal a analise da manutenção da prisão do então senador. O senador é acusado de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lavajato. Declídio poderia ser solto se, ao menos, 41 dos 81 senadores votassem pela revogação de sua prisão. O momento era aguardado com expectativa pela sociedade brasileira e grande parte dos representantes do povo brasileiro no senado agiram como manda o figurino. ´Foram cerca de 59 votos a favor da manutenção da prisão do senador Declídio, 13 votos contra e 01 abstenção.
A decepção ficou por parte dos senadores maranhenses que agiram conforme a ótica partidária e preferiram ignorar os crimes cometidos pelo senador preso após prisão expedida pelo STF.Enquanto o senador Edison Lobão preferiu ficar "em cima do muro" ao se abster na votação, Roberto Rocha (PSB-MA) votou pela derrubada da decisão expedida pelo supremo e também foi seguido pelo senador maranhense João Alberto (PMDB-MA).

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design