Últimas notícias

sábado, 21 de novembro de 2015

Em programa de rádio, prefeita Eunice cobra de Flávio Dino antiga promessa de campanha feita pelo mesmo à população de Santa Luzia do Paruá

O programa "Converse com a prefeita" que vai ao ar todas as segundas-feiras, foi criado pela assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal e tem como objetivo esclarecer questionamentos e enaltecer avanços alcançados pela atual gestão. Na última segunda-feira (16), ao responder um questionamento feito por um ouvinte do programa que indagou sobre as previsão para inauguração do hospital em 2016, a prefeita Eunice Damasceno enalteceu a esperança da continuidade das obras por parte do governador Flávio Dino já que esta foi um dos seus compromissos de campanha quando se fez presente em um palanque montado no centro da cidade. Ao que tudo indica, o atual governador do Estado não está nenhum um pouco interessado na continuidade da confiança depositada pelos mais de 7.303 eleitores que o ajudaram a alcançar 70,39% dos votos na cidade. Há meses atrás, a imprensa do Maranhão denunciou a conduta ilícita do governador que foi rebatido pelo presidente do BNDES que informou que os recursos que serviriam para dar continuidade a diversas obras em municípios maranhenses havia sido remanejado para outros fins, dentro desse grupo de municípios se encontra atualmente Santa Luzia do Paruá. Quase um ano após ser eleito novo governador do Maranhão, Santa Luzia do Paruá e cidades da região do Alto Turi sofrem com o descaso e esquecimento por parte do Governo do Estado. Em 2014, quando se fez presente em campanha eleitoral no município Flávio Dino foi enfático ao defender melhorias na área da Saúde na região:
Sobre os relatos da ausência de médicos, equipamentos e remédios, Flávio Dino lembrou que vai garantir a implementação e a expansão das políticas sociais no Estado. “Assumo o compromisso de ser o governador das políticas sociais. Formamos um time que vai cuidar da educação, da saúde e da produção", disse Flávio Dino.

As transferências de doentes para hospitais de São Luís ou Teresina continuam sendo a única alternativa para quem precisa de intervenção urgência. O governador jogou a responsabilidade sobre a ex-governadora, porém não conseguiu explicar o porquê bloqueou os milhões que já haviam sido garantidos desde o ano passado para reforma e ampliação do Hospital Francisca Melo em Santa Luzia do Paruá. 

CONFIRA NA INTEGRA A ENTREVISTA CONCEDIDA PELA GESTORA MUNICIPAL:

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design