Últimas notícias

terça-feira, 29 de setembro de 2015

VAI QUE COLA! Orientada por advogados, Lidiane Leite informou que estava escondida em aldeia indígena

A afirmação feita por Sérgio Muniz, um dos advogados de Lidiane causou estranheza não só por parte da imprensa mas por parte de policiais federais.A estrategia montada pela defesa de Lidiane Leite se baseia na suposição de que a mesma estaria há mais de um mês, residindo em uma aldeia indígena que fica localizada nas proximidades da cidade de Bom Jardim. O objetivo segundo o delegado responsável pelas investigações, é evitar que a polícia investigue de forma mais abrangente os possíveis comparsas de Lidiane dentro do período de 39 dias em que esteve foragida. “Ela estava em Bom Jardim. Ela seria cassada ou declarada à vacância do cargo em qualquer situação. Você imagina que, na quinta-feira, antes do juiz dar a decisão mandando empossar a Malrinete Gralhada, ela (Lidiane) mandou efetuar o pagamento de fornecedores, da limpeza e o pagamento de servidores. E na sexta-feira o juiz deu uma decisão dizendo que ela não se encontrava no município”, afirmou o advogado Sérgio Muniz.
Ao rebater a afirmação de Lidiane Leite, o delegado responsável pelas investigações do caso, Ronildo Lajes afirmou: "As diligências foram feitas sim na cidade e no interior de Bom Jardim, mas é claro que o advogado está no papel dele de tentar amenizar as coisas para a investigada. De fato ela estava foragida e não tem como alguém afirmar que ela estava governando em Bom Jardim".

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design