Últimas notícias

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Justiça falha, criminoso sai da cadeia, sequestra novamente ex-namorada e história tem final trágico

Uma verdadeira tragédia aconteceu na cidade de Pedreiras na madrugada desta quinta-feira (13), que culminou com dois homicídios e um suicídio, tudo após um sequestro e que a Justiça do Maranhão precisa esclarecer melhor.
O criminoso Antônio Carlos da Conceição já havia sequestrado a mesma vítima, Maria Nilde Silva Sousa, que era sua ex-namorada, no início do mês de julho. Naquela oportunidade, a cidade de Pedreiras parou para acompanhar o sequestro, que terminou sem vítimas fatais, a refém liberada e o criminoso preso.
No entanto, estranhamente, a Justiça liberou Antônio Carlos um mês depois dele ser preso e o criminoso não só repetiu o mesmo crime, mas agora, infelizmente, com um desfecho trágico.
Antônio Carlos planejou todo o crime. Alugou uma casa por R$ 500,00 e foi sequestrar a ex-namorada novamente. Dois homens, que estavam próximos a Maria Nilde, ainda tentaram impedir o novo sequestro, ambos foram baleados. Sendo que o mototaxista Carlos Humberto Rocha Maranhão, mais conhecido como Beto Maranhão, não resistiu e morreu. Já o outro homem segue internado.
O criminoso seguiu com a refém para a casa alugada. Depois de cercado pela polícia, Antônio Carlos até negociou novamente, mas por volta das 2h, ele escolheu o pior desfecho para o cenário. Assassinou a ex-namorada e cometeu suicídio.
O que a população maranhense, em especial a de Pedreiras, quer saber é que a Justiça do Maranhão tem que esclarecer é como um criminoso, preso no início de julho, consegue ser solto e repetir o mesmo crime, mas agora consolidando uma tragédia anunciada.

Com informações de Jorge Aragão

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design