Últimas notícias

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

2015 em Santa Luzia do Paruá começa com confusão em Bar da Avenida e termina com quebra-quebra no Hospital Santa Luzia

Infelizmente 2015 em Santa Luzia do Paruá começou com briga generalizada durante a madrugada do dia 01.
O blog "A Cidade de Verdade" através de seu WhatsApp (098 987878969) recebeu na manhã desta quinta fotos e videos do momento da confusão, nas imagens é possível ver traços de insanidade provocadas pelo consumo em excesso de bebidas alcoólicas em diversos indivíduos presente na festa.
Preferimos ficar com a imagem do Hospital momentos após o incidente pois não existe forma pior de começar um ano "novo" com cenas que expressem tamanha irracionalidade por parte de pessoas que deveriam influenciar positivamente a nossa sociedade luziense.

ENTENDA COMO TUDO COMEÇOU

Segundo informações a briga começou no bar do "Doquinha" localizado na Avenida João Morais de Sousa, segundo pessoas que testemunharam o incidente relataram, tudo começou com um pequeno desentendimento entre indivíduos que compõem gangues rivais, sem que os brincantes no entorno da discussão tivessem a menor percepção do que estava acontecendo, alguns mais exaltados começaram a arremessar garrafas contra seus desafetos.
Em poucos segundo o que se viu foram cenas deploráveis por parte dos participantes e patrocinadores da confusão.
Como saldo, vários feridos foram levados para o Hospital Santa Luzia, o que não encerrou a confusão, pelo contrário só fez tomar largas proporções já que manipulados pela sede de vingança alguns que se sentiram lesados por um dos feridos levados ao Hospital decidiram invadir as instalações do mesmo em busca de uma possível vingança contra o ferido que estava trancado dentro do Centro Cirúrgico. Na oportunidade foram vandalizados vários itens do hospital como vidraças e portas.
O saldo disso tudo não poderia ter pior: Vários pessoas, algumas que não tinham nada a ver com a história saíram feridas, outros em estado mais grave foram transferidos para o Hospital de Governador Nunes Freire não só por questão de saúde mas por motivo de segurança.
O que passou despercebido por muito foi que o péssimo exemplo, por sinal é crime pois, segundo o código penal brasileiro configura como dano ao patrimônio publico podendo os responsáveis pegarem de 6 (seis) meses a 3 (três) anos de detenção, e multa, além da pena correspondente à violência.


DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design