Últimas notícias

sábado, 27 de dezembro de 2014

HERANÇA SARNEY: Com Hospital entregue às moscas, população de Presidente Médici deposita suas últimas esperanças em Flávio Dino

Um dos principais problemas do Maranhão sempre foi e continua sendo o setor da Saúde no Estado, infelizmente ao longo de quase 40 anos de completo domínio sarneysista o deficit nesta área só cresceu, se tornando comum ver a migração de pacientes de origem maranhense para outros estados como o Piaui, isto porque a Saúde em nosso Estado vai de mal a pior há anos. Em maio de 2009 a governadora Roseana Sarney havia oficializado a construção de 65 novos hospitais que iriam beneficiar municípios do interior do Estado, um investimento de nada mais, nada menos que R$ 350 milhões. Na oportunidade ao pegar o microfone Roseana afirmou: "O Programa Saúde é Vida vai tirar a saúde do Maranhão de uma situação difícil", "O plano é revitalizar a saúde com o propósito de oferecer à população serviços dignos e de qualidade. É inadmissível que muitos municípios maranhenses não tenham apoio para investir nessa área”.
A verdade é que aquela cera não passava de um mero discurso demagógico e incoerente, já que anos depois o tempo mostra o resultado da adição de obras superfaturadas, falhas de administração e descaso.

Quem paga por tamanhos erros??? A resposta é unanime: A POPULAÇÃO


Senhor João Bento 
Atendendo a pedidos o moderador esteve em Presidente Médici e infelizmente encontrou uma situação lamentável por todos.
Na oportunidade conversamos com um senhor bastante gentil e atencioso que chegou inclusive a fazer um convite para o almoço, senhor João Bento Figueiredo. Em conversa o mesmo contou que um dos seus maiores sonhos era ver o hospital da cidade funcionando, ao aprofundar da conversa o mesmo informou que anteriormente o terreno onde foi construído o hospital era uma de suas posses, e que quando resolveu vender o terreno para a construção do hospital o que mais pesou não foi o valor ofertado e sim os benefícios aos quais tanto ele quanto os próprios moradores da cidade teriam direito. O mesmo mora somente há 30 metros do prédio onde deveria estar funcionando o hospital e revelou que apesar de não ter votado em Flávio Dino, está esperançoso com relação ao futuro governo no que diz respeito à atenção para o caso relacionado.


Unidade de Saúde Raimundo Suruca-Presidente Médici
O recém construído Hospital já está 95% concluído restando apenas pequenos acabamentos finais, porém não basta ter o prédio, sem os equipamentos necessários e os recursos necessários, nada poderá sair do papel. E o pior é que quando ocorrem situações relacionadas à saúde na cidade a população só pode "correr" para a Unidade de Saúde Raimundo Suruca situada na Rua do Comércio, os moradores em conversa afirmaram que em casos mais graves os pacientes são transferidos para o Hospital de Governador Nunes Freire pois se permanecerem em Presidente Médici a unica certeza que os mesmos possuem é que o paciente não voltará para casa com vida.
A população sem ter para onde correr e no aguardo de uma provisão por parte do futuro governo, deposita toda a sua confiança e esperança no governador eleito Flávio Dino.


CONFIRA IMAGENS DO INTERIOR DO HOSPITAL DE PRESIDENTE MÉDICI 
(CLIQUE PARA AMPLIAR):







DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Todos os direitos reservados © 2014 | Layout modificado por Genesis Design